segunda-feira, 13 de julho de 2015

{Resenha} As Ibyranas - Eduardo Prota


Caro amigo...


Tudo bem?
Hoje tem resenha desse livro de fazer cair todos os forninhos do mundo (bordão ultrapassado né)!!





 Dados do livro:
Páginas: 318
Ano: 2014
Editora: Clube dos autores

Sinopse: Uma terra. Muitos corações.
Assim são as Ibyranas, terras distantes colonizadas pelo Reino de Calus, que, imerso nos próprios problemas, as trata como uma posse e nada mais. Os ibyranos se veem constantemente assolados por fugas de negros de seus engenhos e ataques de tribos nativas às suas terras, tornando cada vez mais difícil a vida dos donatários, que, isolados e esquecidos, procuram resolver suas questões por conta própria.
Porém, nem mesmo os senhores das capitanias, que defendem os interesses de Calus na região, poderiam prever que, naquela terra, havia muito mais do que política: os angás, antigas entidades que já habitavam as Ibyranas, não têm mais paciência com os abusos dos homens.

Uma única fazenda é atacada e um donatário é capturado. Também sua filha e suas duas melhores amigas são levadas, e ninguém sabe ao certo quem foi o responsável ou o porquê.
Cabe agora a alguns poucos amigos resgatá-los entre esses, um casal de escravos que conhece a terra como ninguém, um capataz misterioso, um menino imortal e até mesmo o próprio filho do Rei de Calus. Enveredando-se pelas Ibyranas, descobrem a real natureza daquela terra, que, de tão extensa, guarda mistérios inimagináveis.

Alguns desses mistérios sorriem para eles e os chamam de amigos. Já outros têm seus próprios interesses e não sorriem para ninguém. . .

Resenha: A surpresa mais incrível que eu já tive lendo um livro nos últimos tempos. Eduardo Prota me impressionou e eu tenho certeza que o faz com todos os seus leitores.

Ibyranas são terras colonizadas e o ambiente se assemelha à história do Brasil colônia que conhecemos. Negros, escravos, senhores de fazendas, senhores de capitanias, etc. 
No começo, eu fiquei um pouco assustado pela linguagem do livro. Os diálogos entres os escravos são escritos da maneira que eles falam (com erros, aquele jeito caipira e tal). 
Essa foi a primeira surpresa, porque comecei a achar super original e divertido. Um filme passava em minha cabeça enquanto eu lia esses diálogos que chegam a ser engraçados.  
Primeiro, é contada um pouco sobre algumas crenças daqueles escravos. Avelino é um daqueles sábios que sempre sabem o que dizer. Conhece toda a terra das Ibyranas e passa ensinamentos aos escravos. 

O deus deles é Nhaderu, enquanto o deus dos brancos é Zeos (sim, Zeos). Avelino diz que é o mesmo deus, só com nomes diferentes. 
Depois, passamos a acompanhar o dia a dia de Anna Gabriella, filha do Dom Afonso, o regente das terras e da fazenda onde viviam esses escravos.
E Aurora, melhor amiga de Anna. Elas estão se preparando para uma festa onde, provavelmente, apareceria o futuro pretendente de Anna, seguindo os costumes.
Também se assemelha àquelas histórias de época, onde as filhas dos donos de capitanias são pedidas em casamento e se interessam de acordo com a riqueza. 

Bom, a história segue em um ritmo calmo e você se sente numa daquelas novelas de época. É uma leitura divertida e prende muito o leitor. Causa risos, tristeza, apego a alguns personagens e desenrola super bem. 
Eu me apeguei mais à Aurora. Ela tem um estilo meio vadia com classe e adorei a personalidade dela.

E quando eu menos espero, acontece algo que quase me derruba da cadeira. 
O escravo Avelino já havia falado sobre algumas lendas e seres que habitavam as Ibyranas, mas era só lenda. Um outro escravo, chamado de Cavalo, acreditou e, revoltado pela mulher que ama não corresponder seu amor, faz um ritual onde , segundo a lenda, deixaria seres demoníacos entrarem nas terras da capitanias de Dom Afonso e destruiriam tudo.
E não é que aconteceu mesmo? 
Surpreendentemente, o livro dá uma reviravolta incrível. O que era bom ficou extremamente melhor. 
Sim, uns seres demoníacos ataca a fazenda e sequestram Dom Afonso, Anna, Aurora e Helena, uma escrava. 
Elas atacam os escravos, a casa de Dom Afonso e vão embora só após Avelino fazer algo que os obriga a sair. 
A trama toma outro rumo e o sumiço de Dom Afonso e sua filha causa preocupação em todas as capitanias.
Começam investigações e uma duquesa fria, esperta e calculista assume o posto de regente da fazenda. 

Muitos mistérios, ação e aventura nessa história brilhante, escrita de forma objetiva e complexa.
Sem dúvidas, uma das minhas melhores leituras do ano misturando história, crenças populares e abordando temas inteligentemente debatidos.

Sobre a edição: A capa de frente ficou muito linda, porém a lombada deixa um pouco a desejar, fazendo o livro perder um pouco da "magia" ao ser colocado com outros livros na estante. As folhas são brancas, o que faria cansar mais se a escrita fosse pesada demais. 
Mas o conteúdo de qualidade sobrepõe a edição e isso que é importante! 

Nota final: Contrapondo um pouco do que eu acabei de falar na edição, mas agora pensando em quem não leu o livro, a apresentação não condiz muito com a qualidade. Dá a entender um livro com uma história passada e difícil, sendo totalmente o contrário, uma história criativa e interessante. 

 ______________________________________________________
Então, é isso! Espero que tenha gostado da resenha e se interessado pelo livro. Acho que demorei um pouco pra postar essa resenha e devo pedir desculpas ao autor. 

Um abraço.
Markus A.
 

41 comentários:

  1. Olá ...
    Não conhecia esse livro , mas , me interessei bastante .
    Espero poder o ler em breve :)

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Markus! Tudo bem? Eu não gostei nem um pouco da capa, acredita? Mas adorei a premissa da obra! Sua resenha me deixou bem empolgado par ler o livro. Espero lê-lo em breve! Parabéns pela resenha! :)

    Abraço

    http//tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony!! Vlw. A capa não representa muito o conteúdo, embora eu tenha gostado dela também rs'

      Abraço

      Excluir
  3. Olá!!
    Esse livro é aquele típico ''Não julgue um livro pela capa'', pq sinceramente qnd vi a capa não daria nada pela história.
    Me surpreendi com a sua resenha, parece ter um enredo muito bom, fiquei curiosa.
    Adorei o blog, já estou seguindo.
    Beeijos!
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente haha ' Essa frase nunca caiu tao bem! Obrigado por seguir.
      Beijos

      Excluir
  4. Olá.
    Ri com o "bordão".
    Bem, eu não conhecia o livro, primeira resenha que vejo dele.
    Apesar de não fazer muuuuito meu estilo literário eu digo que leria sim!
    Adorei.

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bordão ultrapassado ja kkk
      Espero que possa ler, Rebeca.

      Beijos

      Excluir
  5. Nooossaa, não conhecia esse livro.
    Me despertou uma curiosidade enorme, hahahaha!
    Você é muito caprichosa e seu blog é realmente lindo. O layout, posts, imagens...tudo perfeito, parabéns!
    Já estou te seguindo, lindeza!
    Dá uma passada lá no meu blog quando puder.
    Beijão!
    http://makedamotociclista.blogspot.com.br
    Meu Twitter: @cat_343
    Meu Insta: tamiya343

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por seguir, Camila.
      Vou passar lá sim :)

      Excluir
  6. Adoro lendas, principalmente demoníacas! kkk
    Muito legal, super diferente este enredo!
    Bela resenha Markus, beijinhos!
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice!! Então irá gostar desse livro, viu! haha'
      Beijos

      Excluir
  7. Oi Markus como vai?
    O livro parece ser ótimo eu ainda não li mais já conhecia, parabéns pela sua resenha deu bastante vontade de ler, a unica coisa que não gostei muito foi a capa
    Abraços!!!

    www.pedrosanttos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pedro! Joia?
      Verdade, a capa deixa um pouco a desejar, porém eu achei ela bonitinha. Só nao combina com a história do livro!
      Abraço

      Excluir
  8. Hey, Markus, tudo bem? Faz um tempinho que não venho aqui, né?
    Enfim, muito bacana a resenha, eu particularmente sempre sou atraído por essa temática, enredo de mistérios, fantasia e aventuras!

    Abraços, até logo!
    http://www.revolucaonerd.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Victor!! Quanto tempo, rs!
      Se gosta de mistérios e fantasias, vai gostar muito desse livro!!
      Abraço

      Excluir
  9. Oi Markus,
    Não conhecia esse livro, mas achei bem interessante a premissa. O que mais chamou minha atenção foi o fato do autor manter os diálogos com a forma como eles falavam.
    Obrigada pela dica!!
    Um abraço,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara! Os diálogos são muito interessantes. Tornam o livro bem divertido!!
      Abraço!

      Excluir
  10. Oiie.
    Realmente a capa não dá muito ideia da história bacana contida nele né?
    Pelo que você mostrou, o livro tem uma temática bem interessante!
    Bjos

    http://peneiradeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aquela do "Não julgue o livro pela capa", rs!

      bjos

      Excluir
  11. Oi Markus!
    Não conhecia o livro, mas não me interessei muito pelo enredo. Gostei da resenha e achei um ponto muito positivo a narrativa ser divertida e leve. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Participe do sorteio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniela! A narrativa e os diálogos irreverentes tornam a leitura muito divertida!!
      Beijos

      Excluir
  12. Olá! \o/
    Bom, ao menos a premissa é bem interessante e me deixou bastante curiosa sobre como os fatos irão se desenrolar.
    A capa não desperta tanta curiosidade assim, mas... Não julgue um livro pela capa! Hahaha

    Jovem Demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não julgue um livro pela capa!! kkkkk
      O conteúdo é ótimo! haha

      Excluir
  13. Oi Markus, nossa o livro parece ser foda! E eu já gostei da Aurora antes de ler o livro rss, só por essa descrição "Eu me apeguei mais à Aurora. Ela tem um estilo meio vadia com classe e adorei a personalidade dela." kkk

    Ótima resenha!

    Abraços!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! A Aurora é muito legal, vadia com classe! kkkkk

      Abraço!

      Excluir
  14. Oii, tudo bom?
    Eu ainda no conhecia o livro, mas ele parece ser bem interessante!
    Adorei a resenha.

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Você falou tão bem do livro que fiquei curiosa e com vontade de ler <3

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo joia?
    Uau, que de mais esse livro. É a primeira vez que vejo sobre ele, parece ser uma hitória e tanto *--*

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bem?
      Tem uma história muito boa! Sem arrependimentos haha
      Beijos

      Excluir
  17. É mágico quando pegamos um livro que não temos tantas expectativas e ele se revela incrível, né?
    Não conhecia a estória, mas fiquei empolgada com o livro!

    Beeijo
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom quando isso acontece, Raissa!!

      Bjos

      Excluir
  18. Olá,
    Nunca tinha ouvido falar no livro, mas confesso que não fiquei curiosa para ler a obra.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, Markus!
    Eu não me interessei pela obra, acreditas? Percebi sua empolgação ao expressar sua opinião, mas não é o tipo de livro que leria agora, no momento. E também o fato de haver diálogos muito coloquiais me incomodaria, admito. Não curto muito tal característica, sabe?
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro! Entendo, eu levei essa característica como ponto positivo por tornar a leitura mais divertida!!
      Abraço!

      Excluir
  20. Oi, Markus!!

    Não gostei dessa capa! Achei estranha. Acho até que entendi o motivo daqueles olhos ali no meio, mas pra mim não combinou nada com nada! hahaha
    Analisando o enredo, me pareceu uma história bem inteligente e com um bom embasamento histórico. Aí você citou seres demoníacos... O_____o
    Confesso que me deu uma certa curiosidade de conferir essa mistura! hahahaha
    Ahhh, estou lendo um livro onde os habitantes da cidadezinha falam errado e a autora escreve o "dialeto" deles...sei bem o que vc sentiu! hhahh

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires!! Eu achei a capa bonita, mas não tem muito a ver com o conteúdo! Aqueles olhos ali até têm significado, mas nao representou bem.

      Os diálogos são ótimos ne? kkk
      Beijo

      Excluir
  21. Olá. Não conhecia o livro nem o autor, mas parece que ambos são ótimos.
    Que bom que gostou.
    Eu preciso (now) ler mais contemporâneos, sério, PRECISO!
    Abraço!
    http://garotoliterato.blogspot.com.br/2015/07/especial-de-literatura-vitoriana-0.html

    ResponderExcluir