sábado, 18 de julho de 2015

{Resenha} Híbrida - Mari Scotti


Caro amigo,


Como vai? Tem mais resenha hoje ! *-*



Dados do livro
Páginas: 360
Editora: Novo Século
Ano: 2013
Skoob: Híbrida
Sinopse: 
Por toda vida Ellene teve a sensação de ser diferente de seus irmãos e dos moradores de sua vila, pois não adquiriu características de lobisomem como era esperado, e afastava-se cada vez mais desta natureza. Com um espírito rebelde, resolve desvendar o passado em busca de sua verdadeira origem. O que não planejava era entrar no meio de uma rixa entre vampiros, a raça que aprendeu a temer e odiar desde menina. Para piorar, seus pesadelos voltaram: sonhos com um homem misterioso de olhos ameaçadores, envolvido por uma densa neblina.
Há quase cem anos a rainha dos vampiros fora sequestrada e seu marido, Milosh, desde então busca incessantemente encontrá-la. O tempo é escasso e as autoridades do Conselho desejam eleger um rei omisso e cruel em seu lugar. Na tentativa de tardar a mudança, ele se une a maior inimiga da rainha. Qualquer erro pode condená-lo a morte e subjugar todos os seus iguais.
Ellene e Milosh mal sabem que o que buscam os colocará frente a frente, em uma trama de intrigas, poder, amor e ódio.

Resenha: Quando li as primeiras coisas sobre esse livro, eu confesso ter ficado com medo de ser só uma história baseada em Crepúsculo. Eu não li e não tenho nada contra a saga, só fiquei receoso de Híbrida não ser uma história original. Há semelhanças? Sim, mas não óbvias e o livro não deixa de ter originalidade. 
A história do livro passa em São Paulo e a autora fez questão de não deixar o leitor esquecer disso, pois e diversas cenas ela ressalta a cidade, descrevendo o local (metrô, centro, praças, etc). É bom, pois o leitor consegue imaginar de um forma concreta onde está passando a história. 
O livro é dividido em duas perspectivas: Milosh, um vampiro centenário que sofre com o desaparecimento da sua amada esposa e rainha dos vampiros, Elizabeth; e Ellene, uma adolescente, da raça dos lobos, mas que ainda não se transformou.
Assim, as histórias vão se alternando a cada capítulo.
Ellene se sente excluída por não ter se transformado ainda, o que faz dela aquela típica adolescente revoltada, rebelde, curiosa. Além disso, ela é atormentada por sonhos de um cara que a persegue numa neblina. 
Milosh (meu corretor só fica trocando para "milhos", então caso apareça sem eu perceber, me avise), apesar de ter umas poucas conversas telepáticas com Elizabeth, teme nunca mais a encontrar e ver o posto de rainha ser ocupado por alguém de má fé. Tem toda uma política para isso. A rainha tem que estar desaparecida por cem anos para seu posto ser ocupado por outra; Os vampiros que se amam conseguem trocar mensagens telepáticas; Existe um "tratado de paz" entre vampiros e lobos; eles não podem atacar os humanos por causa desse tratado; dentre outras coisas. A autora criou um mundo bem legal e deu pra ver que foi bem trabalhado. Dá pra fazer um guia só com a política, regras e leis existentes (tipo em Harry Potter ou Percy Jackson).

Durante toda a vida, Ellene recebeu ensinamentos de que os vampiros são seres maus, que matam por prazer, que são repugnantes, etc. Isso fez com que ela criasse nojo deles.
Ela é adotada e sua família nunca a contou sua verdadeira história, mas num certo dia, ela encontra um relicário que possivelmente pertenceu á sua verdadeira mãe e isso desperta nela a vontade de descobrir e pesquisar sua história. Para isso, ela vai contar com a ajuda de seu melhor amigo (que tenta sair da friendzone), Tomás. Ele sempre demonstrou amor pela garota, mas ela só o vê como amigo. Te entendo, amigo, te entendo. Muita força.
Ela nunca conseguiu se sentir atraída por ele, mas as coisas estão começando a muda, conforme ela vai descobrindo sua história. 
Eu não vou soltar um spoiler aqui, mas não sei se foi a intenção da autora, ou se era pra ser assim mesmo, mas achei um tanto previsível a história de Ellene e ela foi muito, muito lerda. Enfim...
Já para Milosh, sua busca pela rainha não tinha mais rumos para tomar, até que ele é atraído  por Heidy, uma poderosa vampira que foi sua amada, antes de ele conhecer Elizabeth. Após ser trocada pela melhor amiga, fazer papel de trouxa e ainda ser apaixonada pelo cara (eu na vida), ela se voltou contra a corte e agora deseja lutar para assumir o trono de rainha. 
Depois se enfrentarem e ver que isso não vai levar a nada, Milosh e Heidy se unem para um plano completamente arriscado que coloca em risco a integridade de todos os vampiros.
Heidy tem o poder de se passar por outras pessoas e vai assumir a forma de Elizabeth e falar que conseguiu fugir de seu cativeiro. Os possíveis sequestradores pensariam estar com a Elizabeth errada e se manifestariam (sério, é mais explicado no livro). Heidy faz isso porque deseja Milosh (trouxa) e o trono de rainha.
Uma narrativa com incríveis toques sensuais que dão um "prazer" a mais na leitura. Uma história trabalhada com passado, presente e futuro criando uma trama digna de reconhecimento. 
A escrita da Mari, com sua habilidade na criação desse mundo paralelo ficou incrível e muito melhor que muita historinha de autores internacionais famosinhos por aqui. 

Eu não sigo o padrão modismo de crítica "parece com Crepúsculo? É ruim!", "Uma história melhor que Crepúsculo", mas eu torci para não aparecer nenhuma referência à saga e aí me aparece um "Jacó" lobisomem bonitão e isso, infelizmente, me desprendeu da história por um momento. 
É um pouco arriscado trabalhar com vampiros e lobisomens por causa da crítica, mas a autora soltou um foda-se pra sociedade (acredito que ela seja fã da saga) e foi feliz.

Passado isso, o leitor acompanha o desvendar dos mistérios, a relação entre Milosh e Ellene, a sensualidade mística e viaja para esse paralelo surpreendido pela qualidade da história.


Sobre a edição e escrita: Eu adorei a capa e esta condiz muito com a história. A diagramação está perfeita e a edição colabora para uma leitura confortável e proveitosa. A escrita da Mari Scotti é sem falhas e faz jus o nome do selo da editora Novo Século: Novos Talentos da Literatura Brasileira.

Nota final: Pela incrível história criada, trabalhando passado, presente e futuro. Pela ousadia. Pelo foda-se. E por proporcionar uma leitura com todas as sensações possíveis. 

Um abraço.
Markus A.


70 comentários:

  1. Já li o livro e me apaixonei pela história.
    Beijos

    www.blogluanafreitas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luana. Somos dois apaixonados pela história então! haha'
      Beijos

      Excluir
  2. .Amei a resenha, acredito que o livro deve der daquele que te prende bastante, nos provocando vários sentimentos.
    Abraços, Felipe (O sujeito qualquer). http://umsujeitoqualquer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felipe. É desse jeito mesmo. Não queria largar o livro *-*

      Excluir
  3. Oi Markus! Eu gosto muito desse universo de vampiros e lobisomens e coisa e tal rss, fiquei bem interessado no livro. Parece ser foda! =)

    Abraços!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joanderson, foda é uma palavra que descreve bem esse livro.

      Excluir
  4. Fico satisfeito com o rumo da literatura na nacional. Passou do romance regionalista - na maioria das obras - para caminhar também pela ficção surreal, distópica, fantasia... MAS EU DEVO CONFESSAR QUE sou preconceituoso com histórias que me apresente vampiros. Não gosto! Assim como não gosto nem pouco de Crepúsculo e afinas.
    Boas leituras, rapaz.
    Abraço.
    Diego Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, também fico satisfeito em ver isso. Olha, eu já fui preconceituoso com histórias de vampiros, mas acabei pagando língua e gostando bastante de algumas histórias.
      Abraço!!

      Excluir
  5. Olá ... Sua resenha ficou nota 10 !
    Confesso que me interessei bastante no livro , principalmente por causa desse "foda-se " . Adoro autores ousados ...

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane. Fico feliz por ter gostado da resenha. O "Foda-se" foi essencial pro livro ficar incrível!
      Beijos

      Excluir
  6. EU QUERO ESSE LIVRO!!!
    Amei a resenha.
    Beijokas!!!

    Nossa!!!! Estou com inveja branca de você.
    Mas vc merece, boa viagem.
    Beijokas!!

    http://viciadasemlivros911.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Markus!
    Não conhecia esse livro, mas me interessei pela premissa.
    Gostei bastante da resenha também, o que me ajudou a colocar o livro na lista.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale!
      Que ótimo! Espero que leia logo *-*
      Beijos

      Excluir
  8. Já tinha visto esse livro por ai, mas essa é a primeira resenha que leio dele. Me interessei e quero ler. Eu não tenho nenhum problema com Crepúsculo, pelo contrário, gosto muito.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!! Já que gosta, vai adorar o livro hahaha'
      Beijo

      Excluir
  9. Oi, Markus!
    Eu não sei se leria esse livro. Eu sou Twihard de coração, mas detesto histórias que se assemelham muito. Eu acho que dá pra fazer algo mais original, sem soar tão similar. Mas alguns pontos que você citou me fizeram acreditar que possivelmente não curtirei a obra.
    Mas fico feliz que tenha gostado no geral e não se decepcionou. Acredito que a autora seja fã de Twilight também. rs
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro. As histórias não se assemelham nem um pouco. Quis ressaltar isso pra evitar enganos.
      Abraços!

      Excluir
  10. Oi, Markus!!!

    Olha, eu ri à beça aqui com o Jaco! hahahahahha
    Concordo com você, é muito difícil de se trabalhar com esse tema! É um tema bem batido, então inserir algo novo e relevante é bem difícil! Achei legal a autora ter deixado claro o ambiente onde a história é ambientada!
    Só não curti a capa, sabia? Eu tenho problemas com capas...

    Beijo

    Meu Epílogo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires.
      Jacó foi muito engraçado hahaha'
      O tema é complicado, mas ela se saiu muito bem.
      Sério? Eu gostei muito da capa.
      Beijos

      Excluir
  11. Oi, Markus! Já tinha visto esse livro em diversos blogs, mas ainda não tinha parado para descobrir informações sobre a história. O enredo parece ter sido muito bem criado e desenvolvido, mas não fiquei curiosa para conferir. Acho que estou um pouco "cansada" de livros desse estilo. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabrielle! Entendo. O tema dele é bem visto por aí.
      Beijos

      Excluir
  12. Gostei da sua resenha.É bom saber que não é mais um "Crepúsculo" da vida.Eu acho que há muitas histórias interessantes de vampiros por aqui. :)
    Fiquei interessada na história, ehehehe.;


    beeijos :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol. Que bom que gostou da resenha ! Espero que possa ler o livro.
      Beijos

      Excluir
  13. Olá.
    Não conhecia este livro, por ser de vampiro fico meio receosa, pois é cada vampiro que já inventaram. AUSHUA Mas vc disse que ñ é mt vibe crepúsculo, então já é um passo.
    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rebeca.
      Isso é verdade... tem mto vampiro estranho por aí. Mas esse ficou muito original hahaha'
      Beijs

      Excluir
  14. Olá Markus,
    Não sei se é apenas uma coincidência, mas hoje estive em um evento que a autora estava presente e ela me pareceu extremamente simpática e legal. Como ela era uma das organizadoras, não falou muito do seu livro, mostrando apenas a capa e isso despertou minha curiosidade.
    Graças ao destino, estou lendo sua resenha que só me fez ter certeza que preciso ler esse livro o quanto antes. Eu sou fã de crepúsculo e adoro tudo o que pode ser relacionado a essa série, mas acredito que não é isso que eu deva esperar lendo esse livro e, por esse motivo, quero tanto ler.
    Adorei a resenha, está muito bem escrita e elaborada.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brunaa você foi na SLN que linda!!! Não falei dos meus livros porque ia tomar muito mais tempo do evento, mas fiquei feliz que gostou da capa do livro 2 *-* Espero que leia Híbrida e curta também.
      Beijão, Mari Scotti

      Excluir
    2. Oi, Bruna!! Que coincidência, hein? Acho que é um sinal pra você ler o livro haha'
      A capa do segundo livro ficou muito legal!
      Espero que você leia o livro.
      Beijos

      Excluir
  15. Não sabia da história, mas parece bem interessante pelo que você falou.
    E a ideia de parecer uma copia de crepúsculo deve ser bem ruim.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Monique.
      O bom é que não parece nada com nenhuma outra história de vampiros que eu conheço! :)
      Beijos

      Excluir
  16. Oi
    Eu já tia visto umas resenhas desse livro e acho a premissa interessante e que bom que gostou da leitura e que teve só algumas coisas semelhantes a crepúsculo. Gostei da sua resenha;

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise. Fico feliz por ter gostado da resenha.
      Semelhanças mínimas, que nem deviam ser chamadas de semelhanças. kkk
      Beijos

      Excluir
  17. Oie!
    Não sou muito fã desta vibe Crepúsculo ou Anjos da Noite (já viu esse filme)? Gostava dos vampiros de Anne Rice, todos assassinos cruéis!
    Mas adorei o fato de se passa em São Paulo, fiquei curiosa ao imaginar vampiros e lobisomens no metrô, nas avenidas...kkk
    Beijinhos
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice. Já vi Anjos da Noite, sim ♥
      Vampiros assassinos cruéis são os melhores mesmo.
      Eu não conheço SP, mas achei legal esse fato também!
      Beijos

      Excluir
  18. Heey!
    O livro parece ser bem interessante, adoro quando o autor constrói um universo no qual é possível escrever spin offs haha
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale Guilherme, to com um problemão devido a há várias ideias de spin-off!! Haha.

      Beijo, Mari Scotti

      Excluir
    2. Oi, Gui.
      Cara, um spin-off dessa série ia ficar muito legal!
      Abraço '

      Excluir
  19. Oi Markus!

    Nunca ouvi falar no livro, não gostei muito dessa capa e a premissa do livro não me chamou muita atenção. Mas daria uma chance a autora, só não agora com 1810149204 livros para ler em atraso.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cintia!
      haha
      Boas leituras entao kkk
      Beijos

      Excluir
  20. Olá, Markus.
    Já havia visto essa capa na livraria, mas confesso nunca me senti atraído a ler o livro.
    Mas sua resenha sobre a obra foi bastante positiva e me envolveu, então quem sabe um dia?
    Gosto de livros que nos desperta inúmeras sensações.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renato. Que bom que a resenha te provocou isso. Fico mto feliz *-*
      Espero que leia.
      Abraço

      Excluir
  21. Acho besteira isso de achar que por ser parecido com Crepúsculo consequentemente vai ser ruim, até porque se a obra fez tanto sucesso, não foi a toa. Eu particularmente dei uma enjoada em ler sobre vampiros, mas gostei da resenha, o livro parece apresentar pontos que tornam a leitura mais proveitosa e até instigante

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem post novo sobre séries no blog, vem ver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tipo isso, Carol. Mas boa parte das pessoas usam isso como julgamento. E sim, se fez sucesso, é pq tem algo de bom!!

      Excluir
  22. Não conhecia esse livro...sua resenha foi bem completa.
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Markus! Tudo bem? Cara, eu me divirto tanto com as tuas resenhas! Sério. Todas as frases grifadas me fizeram rir bastante. Ah, a propósito, não encontrei "milhos" na resenha em nenhum momento! rs Mas enfim, quanto ao livro, eu devo dizer que não tenho muito interesse em lê-lo. Já acompanho duas séries/trilogias sobre vampiros e não estou muito a fim de embarcar em mais uma história assim! :/ Mas adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony! Fico muito feliz em receber comentários assim! haha'
      Abraço !!

      Excluir
  24. Que delícia que é conhecer autores brasileiros que criam mundos fantásticos, de verdade. A gente dá muito ibope pro que é de fora e esquece de valorizar o que é nosso!
    Mas, mesmo gostando muito da resenha, confesso que esse tipo de fantasia - com exceção ao Harry - não é muito o que atrai minhas leituras. Sei lá, acho que o Crepúsculo me fez ficar preconceituosa com os vampiros e lobos no mesmo espaço-tempo! rs
    Puro preconceito meu, confesso! :/

    A resenha ficou ótima, descontraída pra caramba e fez a gente ter uma boa ideia da história!
    Bjs
    MaH

    O que disse, Alice? - www.oquedissealice.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, MaH! Isso é verdade. Damos muito valor ao que vem de fora, enquanto tem muita coisa boa aqui.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha.
      Beijos

      Excluir
  25. Oi Markus!
    Ai, adorei sua resenha!! Desde que li Labirinto de Espelhos tenho vontade de me aventurar mais no mundo sobrenatural e já li comentários bem positivos sobre esse livro e sobre a escrita envolvente da autora.
    Admiro os autores que enfrentam as críticas e a possibilidade inevitável de comparações, e acho que isso já é um ponto muito favorável para a autora!
    Parabéns pela leitura e resenha!!
    Um abraço,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara!!
      Que bom que gostou da resenha. Eu também admiro muito esses autores.
      Beijos

      Excluir
  26. Caracoles, quantos comentários! *-*
    Vou comentar a resenha por partes:
    Sim, foi proposital a Ellene ser lerda. Ela tem um trauminha com essa lerdeza dela e vou citar mais no livro 2, acho que vai dar pra entender melhor quando você ler hahaha. Fora que se ela não fosse tão lerda, não teríamos o livro 1 kkkk.
    Sobre o Jacó: eu só me toquei da semelhança do nome depois de um ano do livro publicado. Não foi proposital. E sim, eu sou apaixonada por Crepúsculo e não, não coloquei semelhanças na trama, o oposto, por ser APAIXONADA por Crepúsculo, tentei ao máximo fugir desse universo. Vampiros versus lobisomens existem muito antes de Crepúsculo e acredito que seja a única semelhança com a Saga, além do fato da mocinha ser meio lerda ne kkkk. E o Jacó é irmão da protagonista, então foge também do padrão. O Tom que era pra ser mais parecido com o Jacob, confessei pro mundo saber! HAHA.
    Sobre o "foda-se", olha... você quase acertou. Eu me preocupei sim em não haver semelhanças gritantes e me preocupei que fossem vampiros mesclando entre o clássico e o romântico e que a história não focasse em uma mocinha que não sabe nada sobre seres sobrenaturais. Ela vai amadurecer com o tempo (amém) e espero que te agrade bastante.
    Adorei a sua resenha, eu amo resenhas que contém alguma crítica construtiva porque isso nos ajuda MUITO a melhorar. Infelizmente no Brasil temos que dar a cara a bater quando começamos, e é assim que eu aprendo. Além dos cursos que tenho me empenhado em fazer.
    Espero que goste também da sequência.
    Um beijão!
    Mari Scotti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariiii *-*
      Já conversamos, mas quero deixar aqui meu obrigado pela oportunidade de ler esse livro incrível e por me dar um retorno pós resenha. A lerdeza da Ellene.... Senhor. Vontade de dar na cara dessa menina kkkkkkk' Brincadeira, apesar disso, adorei demais ela.
      Fico muito feliz mesmo por você ter gostado da resenha. Te desejo muito muito sucesso. E que venha o livro dois ♥
      Beijos

      Excluir
    2. Eu que tenho que agradecer Markus! É sempre bom quando um blogueiro/leitor aprova o que escrevemos. ♥

      Excluir
  27. Cara, eu li uma ou duas resenhas desse livro, mas nenhuma foi tão divertida quanto a sua! ahahaha
    É de resenhas assim que eu gosto, a gente não dorme no meio do texto, sabe? hahaha
    O Milhos.. quer dizer, esse cara ai, parece diferente em certos pontos do Edward, o que é bom considerando que a melodramaticidade do Edward às vezes irrita! kkk
    Amei a resenha!

    Beijo
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa. Que bom que você achou minha resenha divertida hahah'
      Ainda bem que não apareceu nenhum Milhos kkkkkk
      Obrigado !
      Beijos

      Excluir
  28. Olá,
    Depois de uma resenha tão animada quanto a sua é difícil não sair daqui com uma boa impressão do livro. Já conhecia a obra, mas não tinha me interessado por ela de fato, até hoje.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês!! Que ótimo. É muito bom ver comentários assim! hahah
      Espero que leia *-*
      Beijos

      Excluir
  29. Gostei muito da sua resenha, você soube expressar muito bem a sua opinião quanto ao livro.
    Eu não gosto de histórias com vampiro e lobisomen, acho muito clichê depois do estouro de Crepúsculo, não estou aqui desmerecendo o livro, mas eu não gosto mesmo desse gênero...nem mesmo quando surgiu a saga Crepúsculo, sempre fui mais pé no chão.
    Muito obrigada por estar me seguindo e pelo seu comentário,estou te seguindo também.
    Acabei de publicar uma resenha de livro.
    Bjx
    http://vinteanoos.blogspot.com.br
    www.facebook.com/vinteanoos
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Obrigado por seu comentário. Sei que vampiros e lobisomens não agradam todos e tem um público mais específico.

      Obrigado por seguir.
      Beijos

      Excluir
  30. Oiii!
    TchÊ, fujo desse livro como o capiroto da cruz.
    Sério, mó medão de cair na mesmice de sempre!
    bjs da Le
    www.leversosecontroversias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Le HAHAHAHA' morri com seu comentário kkkk

      Excluir
  31. Parece ser um livro legal, eu adoro livros com vampiros e lobisomens <3
    Adorei seu blog e suas resenhas são ótimas, já estou seguindo!
    Vim avisar que te marquei em uma tag no meu blog, se você quiser dá uma passada por lá
    http://madrugadadeleitura.blogspot.com.br/ ficarei muito agradecida (;
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fran ! Obrigado por seguir e por me marcar numa tag ♥
      Vou lá conferir.
      Beijos

      Excluir
  32. Oii Markus, tudo bem??? Eu não sou muito fã de histórias com vampiros e lobos, heheh, então essa eu passo :P
    Mas que bom que você curtiu :)
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gih! Eu não era O fã, mas curti demais a leitura. Beijos

      Excluir
  33. Eu não sou muitoooo fã de histórias de vampiros, mas gostei muito da ideia desse livro mesmo :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!!
      O livro ficou muito muito bom !! *-*
      Bjos

      Excluir
  34. Amei voltar aqui e ver tantos comentários *-* obrigada pessoal

    ResponderExcluir