domingo, 13 de setembro de 2015

{Resenha} Minha Vida Daria um Livro - Carlos M. Levín


Caro amigo,
Como vai?

Hoje eu trouxe a resenha de um livro que vi no catálogo da Butterfly Editora e fiquei muito interessado em ler. "Minha Vida Daria um Livro - O Diário de um adolescente"... como não se interessar com um título como esse?


Dados do livro:
Páginas: 190
Editora: Butterfly
Ano: 2009
Sinopse: David é um adolescente que descobriu a vida como ela é. Cercado por adultos que se contradizem, sente-se inseguro e solitário. Afasta-se das reuniões sociais e fecha-se em si mesmo. No amor, decepcionado, vê-se diante da malícia e da traição. Recusa-se a abandonar um amigo que é dependente químico, mas ele mesmo não tem em quem se apoiar - a não ser naquela misteriosa voz que soa do mundo invisível...

Resenha:
A vida de um leitor é repleta de experiências e de surpresas. Às vezes você se interessa por um livro que te apresenta uma premissa curiosa, com fatores atrativos e é surpreendido com ainda mais que isso. 
Como leitor, é preciso sempre estar aberto à novas experiências, sem qualquer preconceito ou pré-conceito. É preciso sair da zona de conforto, mesmo que de vez em quando. 

Minha Vida Daria Um Livro é um livro espiritualista. Não espírita. Espiritualista. 
E devo, com toda sinceridade, pedir que deixe seu preconceito e sua ignorância de lado (desculpe pela palavra) e leia a resenha antes de já dizer "eu não leria um livro desse".
Vamos a resenha. 
O livro é narrado em primeira pessoa e vamos conhecer a história de David, um adolescente judeu. Eu não lembro de ter lido algum livro onde o personagem principal é judeu e não dá pra descrever o enriquecimento cultural que essa leitura me proporcionou. O mundo judeu contado por um adolescente que não entende muito bem o porquê de tantos costumes, tantas leis, tantas regras. 

Quando David faz seus 13 anos é obrigado a ter o seu Bar Mitzvá (significado).  Sem saber o significado certo disso, é explicado ao garoto que após a cerimônia, ele se transformaria em homem.
"Pensei o que seria 'ser homem'. A pessoa se formava depois de passar por aquela cerimônia? Eles me dariam um diploma? Fantástico!"
Mas depois disso tudo, ele só teria mais regras a seguir.

Cheio de filosofias, questionamentos, obrigações, dúvidas e muitas, muitas dúvidas. Assim é a vida de David. 
As coisas ficam mais confusas ainda quando vê seu próprio pai descumprir uma regra sagrada. A decepção gera ainda mais dúvida. 
O preconceito na escola, na rua e em qualquer lugar onde as outras pessoas possam julgar pela sua religião deixam David ainda mais revoltado em busca do grande porquê. 
"Meu mundo desabou. Senti-me ingênuo, idiota. Já não pensava segundo as regras, mas com meus próprios princípios que afloravam. Tive repugnância pela hipocrisia. Saí correndo dali e disse a mim mesmo: 'Nunca mais vou acreditar que Deus existe. É mais uma invenção das regras que é preciso seguir cegamente, sem explicações lógicas, e eu não sou assim. Algo dentro de mim está renascendo, e o senso de justiça ordena que eu me rebele contra tudo isso. Como teria sido melhor continuar sendo criança!'"


O garoto é, acima de tudo, um adolescente. Tem seus amigos, toca em uma banda de rock, se apaixona, é traído, se decepciona, sofre e sempre faz o possível pra entender todas as regras que a sociedade impõe. 
Os ensinamentos sobre o judaísmo estão sempre presentes e, apesar da linguagem complexa, você sente cada dor, cada dúvida de David ao ler isso.

O livro é uma jornada de aprendizado. Não sobre religião, mas sobre a vida. O leitor se torna um David, que vai em busca de respostas sobre injustiças, sofrimento e dor. 

Após um acontecimento trágico, David passa a ouvir uma voz interna misteriosa que fala coisas que ele não entende e, quando entende, não concorda muito. Depois de um tempo, ele vê nessa voz um conforto e percebe uma sensação de segurança e apoio em meio a tanta injustiça. 

-//- 
Esse foi um dos livros em que eu mais chorei durante a leitura. Sério, isso não acontece com frequência, mas a pureza e tanto sofrimento retratado nesse livro quase me desidratou. 
Recomendo esse leitura a todo leitor que queira sair de sua zona de conforto, que esteja precisando de um livro forte e que vai explorar todos seus sentimentos. 

Em algum momento, a narrativa pode se tornar cansativa, mas o descobrimento é complexo e assim teria que ser. 

Nota final: 5, pela riqueza cultural e pelo aprendizado enorme que eu tive com essa leitura. 

__________________________________________________

É isso!
Um abraço.
Markus A.

78 comentários:

  1. Oiee
    Cara gosto muito de livros que tratem os personagens de maneira emocionante. Conseguem de maneira básica fazer muito *-* Gostei muito das premissas. Ainda mais, por ser um livro que emociona. Os trechos que separou são bem belos ;p
    Beijinhos Screepeer
    Screepeer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ágatha.
      O personagem principal, sem dúvida alguma, é muito emocionante.
      Espero que você possa ler!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Markus! Tudo bem? Nossa, adorei a premissa do livro! Gosto bastante de livros assim, sabia? Mesmo tendo ficado arrepiado quando você falou sobre a voz que o personagem ouve, eu acho que daria uma chance a obra! Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção do livro "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony! Que bom que gostou *-*
      Não é uma voz maligna ou coisa do tipo. É tipo uma consciência, daquelas dos desenhos rs'
      Beijos

      Excluir
  3. Eu nunca li um livro Espiritualista, já ouvi falar de tantos, mas nunca cheguei a conhecer nenhum :/ Bem, eu realmente gostei muito da sua resenha, principalmente pela forma como você expressa do que se passa na história. É inegável que não se encante com um livro que nos traga algum aprendizado. E esse deve ser um!
    Beijos!
    vorazesleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!
      Eu também nunca havia lido um livro espiritualista ! Realmente é inegável que não se encante com um livro desse!
      Beijos

      Excluir
  4. Olá, Markus.
    Geralmente não gosto de livros que envolvam qualquer tipo de religião. Mas esse me interessou muito. O judaísmo, mesmo sendo uma religião, é mais uma cultura, uma das mais antigas do mundo, por isso, se der eu vou ler ele sim.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Confesso que costumo não gostar muito de livros que envolvem religião.
      Mas eu adorei esse livro e a maneira como ele aborda o judaísmo!

      Excluir
  5. Oi,
    Achei a resenha bem interessante, não vou ler por agora, mas tenho certeza que vou ler!
    Abraços
    sagasalways.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michael! Legal, espero que possa ler!! o/
      Abraço

      Excluir
  6. Oi
    eu já tinha visto esse livro no catalogo da editora
    mais acabei pegando outro, parece ser um livro muito interessante mesmo
    coitado do protagonista por sofrer preconceito e e é bom saber que é um livro emocionante.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      Recomendo a leitura. Se tiver a oportunidade de pegar ele, faça. Não vai arrepender!

      Excluir
  7. Parece muito bom, fiquei curiosa para ler :)

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Markus!
    Ok, confesso. Meu primeiro pensamento foi sim "eu não leria um livro desses", mas você tem razão quando diz que raras vezes vemos a exploração da cultura judaica na literatura, ainda mais por um adolescente. Deve ter sim aspectos interessantes, mas não fiquei motivada a ler.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari! Entendo, hahaha'
      Olha, é um livro um tanto complexo, então, se não ficou motivada, não recomendo porque pode ser tornar uma leitura bem cansativa!
      Beijos

      Excluir
  9. Olá,
    Livros que nos arrancam lágrimas são sempre um sinal de que a leitura nos despertou algum sentimento, o que considero ótimo. Nem mesmo conhecia o livro, mas parece ser bom.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! É verdade isso! E como esse livro explorou meus sentimentos, viu ... haha
      Beijos

      Excluir
  10. Olá, Markus.
    Pela capa e pelo título, provavelmente eu nem daria atenção ao livro. Contudo, sua resenha me chamou a atenção. Acho interessante livros que mostram essas regras religiosas na prática da vida secular. Isso acontecendo com um adolescente deve gerar muitas reflexões.
    Ótima dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Já eu super me interessei no título !
      O drama adolescente relacionado as regras religiosas é muito bem trabalhado aqui1

      Excluir
  11. Ao ler a sua resenha, percebi mesmo que o livro pode ser cansativo, mas deve ser um livro recompensador, e cheio de ensinamentos.
    Boa semana!

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Repleto de ensinamentos e muito recompensador, apesar da escrita complexa!!

      Excluir
  12. Oie Markus =)

    Não conhecia o livro e nem o autor, mas pela sua resenha a história parece ser bem emocionante e delicada. Não curto muito livros que abordem a religião de uma maneira tão enfática como parece que é o caso aqui. Mas sua resenha me deixou curiosa para conhecer a trama.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane! Eu tambem nao curto muito livros que dão enfase em religião, mas com esse livro foi mto diferente! Eu gostei muito!
      Beijos

      Excluir
  13. Só pelo fato do protagonista ser Judeu, eu já fiquei muito interessada em ler esse livro, amo conhecer novas culturas. Amei a maneira que você conduziu a resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro, ele parece ser bem interessante.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi! Eu peguei o livro justamente pra poder conhecer novas culturas. Foi um sucesso! Adorei a leitura e recomendo muito!
      Beijos

      Excluir
  14. Oi Markus!
    Parece ser um livro bem leve ne?
    No momento não seria minha aposta porque de drama eu to fugindo um pouco, mas quem sabe no futuro. É uma possibilidade. Gostei do estilo, e me identifiquei com a sinopse.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, David!
      Olha, de leve esse livro nao tem nada! haha'
      Abraços

      Excluir
  15. Oii Markus

    Esse é o tipo do livro que apenas pela capa a gente logo julga e pensa: é só mais um YA qualquer! Mas depois da sua resenha eu ja sei que não, não é um YA qualquer
    Eu tenho muita curiosidade sobre judeus, aliás eu sou muito curiosa com qualque religião, mas principalmente sobre judeus já que ainda não tive a honra e conhecer nenhum pessoalmente. Cresci tendo contato com muitos muçulmanos e uma das minhas melhores amigas é muçulmana e embora não siga a religião, sei be o quanto essa cultura do oriente médio é rica e cheia de filosofias fantásticas. Logo que vc comentou que se trata de uma doelscente judeu fiquei super curiosa pelo livro e te confesso que quero ler exatamente por causa disso! Amei a resenha, muito obrigada por essa dica

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice!! Não é um YA qualquer mesmo haha'
      Que bom que gostou! Tipo, eu nunca tive contato com nenhum judeu ou muçulmano, mas sempre gosto de saber suas culturas.
      Recomendo muito o livro!
      Beijos

      Excluir
  16. Olá ...
    O livro parece ser bem interessante ...
    Só o título já é atrativo .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane!
      O título logo me ganhou *-*
      Beijos

      Excluir
  17. Oi, Markus! Tudo bem com você?
    O livro não faz muito o eu tipo, mas gostei tanto da sua resenha que vou dar uma chance para ele!
    Vou seguir o seu conselho e sair da minha zona de conforto.
    Beijokas!!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kênya!
      Tudo ótimo *-*
      Sair da zona de conforto é sempre bom!
      Beijos

      Excluir
  18. Olá Markus;
    O título é ótimo e acredito que todos ao menos uma vez na vida pensou isso.
    Amei a premissa do livro e vai para minha lista de desejos.

    Bjus querido e ótima semana.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!
      Também acho que todo mundo já pensou isso uma vez na vida hahah'
      Espero que possa ler.
      Beijos

      Excluir
  19. Sempre que eu penso nas coisas que a leitura pode proporcionar, uma delas é o quanto aprendemos. Aprendemos culturas diferentes, palavras diferentes, hábitos, conhecemos lugares....
    Acho que esse livro cumpre essa missão de transportar-nos para a vida de outra pessoa e aprender coisas da cultura dessa pessoa. A resenha ficou linda!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa!
      Seu comentário encaixou muito com o que eu senti ao ler esse livro. *-*
      Beijos

      Excluir
  20. Olá!
    Achei o título e a premissa da obra bem atraentes! Gosto de livros com temas impactantes e com certeza é uma obra que leria.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana !!
      Que bom entao! Recomendo muito essa leitura!!

      Excluir
  21. Oi Markus!
    Que livro legal!, a capa não é muito chamativa mas pela resenha fiquei com vontade de ler.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme!
      Espero que possa ler. Recomendo muito!
      Abraço

      Excluir
  22. Olá, tudo bem?

    O título realmente chama a atenção por ser uma frase simples porém cheia de significados. Bom, eu gosto de livros espíritas, mas confesso que leio poucos livros espiritualistas e no momento poucos espíritas também, enfim, a premissa me agradou e se vur a ter a oportunidade, acredito que vou curtir a leitura.

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Eu nao tenho costume de ler livros espíritas ou espiritualistas, mas adorei muito esse livro !!
      Beijo

      Excluir
  23. Não conhecia o livro, mas confesso que quando li a sinopse imaginava algo completamente diferente.
    Gostei de saber que é emocionante.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  24. Olá
    eu já vi uma resenha desse livro, mas não me lembro em que blog foi, faz um tempão kkk, mas voltando a vê notei que ele é muito bacana, espero poder lê-lo em breve
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Manoel! Eu nunca havia visto esse livro haha '
      Espero que possa ler!

      Excluir
  25. Olá Markus,
    Desconhecia esse livro lançado pela Butterfly, mas WOW me chamou MUITO a atenção.
    É quase um livro que PRECISO ler. Saber que você chorou e que não faz isso com frequência só me deixou mais animada.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna!!
      Opa, recomendo então que leia ele rapido *----*
      Beijos

      Excluir
  26. Oi Markus, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas pela sua resenha deu para perceber que é um livro forte, com ensinamentos e que emociona.
    Ótima resenha.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lia! Tudo ótimo ^^
      Realmente é um livro bem forte e emocionante!
      Beijos

      Excluir
  27. Sua resenha já me convenceu totalmente de que eu preciso ler esta livro, apenas!
    Xoxo :*
    www.isabelamingues.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Nossa, eu me interessei bastante! Pela sua resenha percebi que o livro é muito envolvente e cativante, sem falar que gosto muito de livros espiritualistas. Amei <3
    Beijos.

    www.imperfeitaas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Duane! Se você gosta de livros espiritualistas, tenho certeza que vai gostar desse!
      Beijos

      Excluir
  29. Já tinha ouvido falar do livro, mais não sabia do que se tratava exatamente, adorei o enredo e fiquei curiosa para ler :D

    http://confissoesdeumaaprendiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Olá, tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas não sabia que ele era isso tudo. Estou com um pouco de curiosidade com a história e gostei muito da sua resenha, parabéns!

    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Victor!
      Que bom que gostou. Espero que tenha a oportunidade de ler!! ;)

      Excluir
  31. Que interessante. Não conhecia o livro, mas parece ser bem legal. A capa é muito bonita e a sinopse interessante :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei que só eu tinha achado a capa bonita rs *-*

      Excluir
  32. Nota 5, deve ser muito bom. O titulo já chama muito o leitor.

    http://devoradores2livros.blogspot.com.br/

    Um xero.

    ResponderExcluir
  33. Oi Markus!
    Desde que vi a foto desse livro no seu insta o título chamou minha atenção, mas eu não podia imaginar a carga emocional presente. Não lembro de ter lido muitos livros com personagens judeus, então adoraria conhecer um pouco mais essa religião.
    Parabéns pela resenha, você conseguiu transmitir a confusão sentimental do personagem e fiquei curiosa para sabe que voz é essa.
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara! Que legal ! Realmente a carga emocional é grande.
      Olha, recomendo muito a leitura. Acho que você iria gostar! *-*
      Beijos

      Excluir
  34. Oiii Markus, tudo bem??? Não conhecia o livro ainda, mas adorei conhecer. Gosto muito de livros que nos toquem e que vão além. E pela sua resenha, ele é isso mesmo. Dica anotada, vou ver se consigo ler =D Beijos e parabéns pela resenha :)
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gih! Tudo ótimo ^^
      Espero que possa ler. A maneira como esse livro te transporta para é incrível!
      Beijos

      Excluir
  35. Olá Markus, tudo bem contigo ???
    Uma das coisas que eu mais gostei na sua resenha é como você consegue apresentar de uma maneira interessante e instigante, o quanto é bom, nem que seja as vezes, sair de nossa zona de conforto !!!
    Como leitora, confesso que já me decepcionei muito ao buscar livros que não faziam o meu estilo e que normalmente não leria, mas aprendi que as vezes, temos que errar para acertar. Com tantas experiencias que não deram certo, mais eu mais eu busco livros diferentes que possam trazer algo de bom. Sair da zona de conforto literário é maravilhoso, nos torna mais abertos, menos preconceituosos, só acrescenta !!! ^^
    Fiquei muito feliz por saber que você arriscou e curtiu o livro. É tão bom quando os livros nos surpreendem e nos encantam mais do que pensamos que poderiam nos encantar.
    Depois dessa resenha, tudo que posso fazer é adicionar o título à minha listinha !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bel! Tudo ótimo *-*
      Eu sempre estou em busca de livros diferentes, justamente pra sair do conforto e explorar novos mundos. Também estou cheio de decepções literárias, mas não é por isso que vou parar de buscar novos estilos.
      Alguns podem surpreender. E foi o caso desse livro!!
      Espero mesmo que possa ler. E caso leia, venha me contar o que achou!
      Beijos

      Excluir
  36. Oi Markus!
    Já tinha visto o livro no catálogo da editora, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele. E confesso, gostei muito. Com certeza, a riqueza desse livro deve ser enorme.

    Beijos
    albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Milena!
      Que bom que gostou !! Se for ler, me fale *-*
      Beijos

      Excluir
  37. Olá... tudo bem??
    Para que eu possa sair de minha zona de conforto o livro tem que me chamar muito atenção e me cativar de alguma forma, infelizmente com este não foi o caso... não curti a premissa da história e sinceramente pela sinopse e algumas pesquisas que fiz, ficou bem na cara de seria pra mim uma leitura bem cansativa... Eu gostei de ler a sua resenha e toda a empolgação que direcionou a ela... é muito bom lermos um livro que noz faz bem e se sobrepõe ao que esperamos. Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diana!
      Eu entendo. Sempre to em buscas de livros diferente e acabo me decepcionando as vezes.
      Beijos

      Excluir
  38. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que não daria nada pelo livro, porém depois de ler a rua resenha eu estou apaixonada na historia. Eu adoro esses livros que nós trazem informações novas e que mexem com o nosso interior. Com certeza está na minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gionava!
      Ah que bom !! É um livro surpreendente, sem dúvidas *-*

      Excluir
  39. Oi Markus,

    Você está correto, como leitor, precisamos sempre nos libertar de qualquer preconceito ou pré-conceito.
    Gente, adorei a premissa do livro e tenho certeza que aprenderei horrores e David como tantos ou a maioria ou todos os adolescentes vive uma gama enorme de sentimentos, mas com tudo isso acho esta fase do desenvolvimento maravilhosa e amo verdadeiramente a galera adolescente e a defendo o tempo todo, tanto que se alguém utilizar a infame palavra “aborrecente” para designar o jovem/a jovem compra briga comigo na hora e na certa.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  40. Oi,
    Assim como você saio da minha zona de conforto as vezes, geralmente com livros que li uma resenha e me passou algo a mais, como foi o caso desse livro, no primeiro momento não leria o livro, acreditando que não seria metade do ele é, lendo sua resenha me surpreendi bastante, não só pela emoção que ele causou mas pela carga de conhecimento que teve.
    O título de cara me chamou atenção e fiquei imaginando um outro estilo de livro, mas gostei da premissa dele, sua resenha me deixou curiosa pela leitura.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir