domingo, 26 de abril de 2015

Depressão Literária - Um Desafio Pessoal



Caro amigo,

Você já passou por aquela fase de "preguiça" dos livros? Já leu algum livro que te deixou com aquela "ressaca literária"? Já demorou quase um mês pra ler um livro "pequeno"?
Bom, se você é leitor, com certeza já passou por isso. O post de hoje é sobre como retomar o ritmo de leitura e não cair na "depressão literária".





Tem dias que não quero nem olhar pra livros. Escrever, então, nem se fala. 
Como viciado em leitura e blogueiro, seria até um pecado não querer ler. Mas não funciona bem assim. Imagina ler um livro grande e com uma escrita parada onde o autor não conseguiu passar muita emoção. E ainda a vida social estar exigindo tanto de você que o único tempo pra ler é o tempo de descanso. Imagina, ainda, uma série de preocupações pessoais. 
Amigo, essa combinação vai acabar com você. Quando isso acontece, você não é mais o mesmo. A comida não tem o mesmo gosto, as suas roupas não caem mais tão bem, os dias ficam quente demais ou frio demais. E você começa a perceber mudanças nas palavras também. Se tornam pesadas, densas e intermináveis. E nos livros? Os personagens perdem a simpatia, os vilões tornam-se entendiantes, o livro fechado vira um objeto de enfeite, pegando poeira ao lado da cama ou guardado na bolsa. 

Chega o momento em que você pergunta: Isso tem cura?
Apesar disso não ser um texto de auto ajuda, a resposta é bem clichê: Tem. E a cura parte de dentro de você! 

Nesses quatro meses de 2015, minha estante (que não é bem uma estante) recebeu quase 40 livros. 
E não! Eu não sou aquele tipo de blogueiro que sai desesperado pedindo parceria a autores só pra ganhar livros. 
Desses 40 livros mais os que já estavam à espera na estante (...), eu li impressionantes 10 livros. Um número vergonhoso, humilhante, triste e preocupante. E o mais preocupante de tudo é: a soma dos livros lidos em março e abril é 3. Sim, apenas 3 livros lidos em dois meses. 
http://goo.gl/F97h38
Até que certo dia, deitado na minha cama, alguém me disse:
"Markus, você sabe que tem alguma coisa bastante errada aí. Isso precisa mudar. Você vive de livros, você tem um blog literário e você deve ser um propagador da leitura. Então levanta essa bunda da cama, para de ficar olhando pro nada e vai tomar alguma decisão nessa sua vida!!!"
Na hora, eu não consegui ter nenhum tipo de reação e nem respondi, afinal não havia ninguém no meu quarto pra eu responder alguma coisa. Olhei para o meu eu interior e lá estava ele: de braços cruzados, batendo o pé, fazendo cara de quem vai pegar uma vassoura dar na minha cara.
Ciente de que é melhor nunca contrariar o eu interior, levantei da cama e fui deitar no sofá. Foi uma decisão e tanto.
Com muita raiva, o eu interior me levou obrigado ao médico interior e este me diagnosticou com Depressão Literária! Eu não lia mais do mesmo jeito, eu não sentia mais atração na leitura, eu não carregava mais meus livros comigo. Eu estava realmente com um problema.
"Exijo saber opinião de outro médico", eu disse.
 "Sua preguiça é tão grande que você só foi capaz de criar 1 médico interior, seu merdinha". O eu interior me disse, fazendo cara de cínico. 
A partir daí, eu verdadeiramente resolvi passar por mudanças. Para o meu bem. Para o bem dos meus livros. E para satisfação do eu interior, que me obrigou a fazer isso.

Me propus um desafio pessoal: Ser uma pessoa melhor (não leia isso como uma frase clichê). Não é ser uma pessoa melhor, me tornando socialmente adorável, um cidadão melhor, companheira, fazer e pensar coisas boas, etc etc etc. É ser melhor comigo mesmo, é trabalhar mais minha mente e não me perder no tempo. É me conciliar. Saber o que fazer e quanto fazer. Separar meu tempo para trabalho, estudo, diversão, descanso. É pegar cada segundo sobrando e pensar em coisas que fazem bem à mente. Dedicar meu tempo livre ao blog e fazer isso certo. 

Enfim... 
Eu sou meu próprio desafio, o desafiador e o desafiado. É uma batalha entre "mim e eu mesmo".

Receita médica interior: 
Coisas a fazer (o remédio contra a depressão) :
- Ler bastante;
- Reservar uma ou mais horas para estudar, diariamente;
- Excluir todas as músicas do computador/celular e baixar novamente só as que eu realmente vou ouvir;
- Arrumar a cama todas as manhãs e só desarrumar quando estiver indo dormir; 
- Levar um livro para todos os lugares;
- Ir a lugares que agradam;
- Fazer maratonas pessoais;
- Escrever. Escrever sobre tudo que quiser;
- Preocupar menos;

Não fazer (o veneno) :
- Permanecer numa leitura que não agrada;
- Deitar durante o dia;
- Comer exageradamente; 
- Ficar sem ler;
- Ficar sem estudar;
- Ficar sem ouvir músicas que agradam;
- Ir a lugares que não agradam;
- Exigir de si mesmo o que não consegue;
- Persistir em algo que não vale a pena;

Caso os sintomas persistam, levar umas boas vassouradas. O descumprimento de qualquer item pode levar ao descumprimento degenerativo. 
No aparecimento de novos sintomas, ... olha, Markus, é bom não aparecer nenhum outro sintoma dessa sua preguiça, senão a coisa vai ficar feia pro seu lado! Levanta essa bunda seca e vai fazer alguma coisa que preste!. 



O que eu quero dizer aqui é que todo leitor passa por uma fase difícil. Nem sempre os livros são atraentes. É como comida: em excesso não é legal. 
Não leia por obrigação. Não leia para manter o status de leitor compulsivo. Não leia só para que as outras pessoas vejam que você está lendo. Leia para te agradar. Leia na medida certa, de modo a ser saudável. Leia por amor, por desejo, com vontade e com calma. Debata com seu eu interior. Ria, chore, desabafe, proteste. 
Ame, abrace e desfrute de cada livro, pegando o que há de melhor. 
Em um momento eu lia com desespero, com voracidade. E está aí o resultado disso: Eu fui perdendo o interesse pouco a pouco. Ler se tornou um tarefa difícil, como uma obrigação. Não é assim que tem que ser. 

A leitura não tem que machucar. Tem que ser remédio.
http://goo.gl/vqOV8j

Obrigado a você, amigo, que leu até aqui. Meu desafio pessoal, com muita força, vai ser realizado. Aos autores parceiros do blog, nos quais ainda não resenhei os livros, minhas sinceras desculpas por essa fase. A partir de agora, isso vai mudar, eu garanto. Obrigado, de todo coração, pela confiança. E obrigado a você leitor, você blogueiro, que me visita e me dá ânimo pra continuar. A depressão não é só literária, mas a força de vontade é quem move o ser e somos apenas resultados das escolhas que fazemos.

Mas e você, já passou por isso? O que fez pra retomar o ritmo de leitura? 


Um abraço!
Markus A. 

39 comentários:

  1. Oi Markus!! Adorei o post, me diverti e carambaaaa, me identifiquei. Estou passando por isso, essa tal da depressão literária já está se tornando crônica. As dicas foram ótimas, e já estou trabalhando minha mente para mudar alguns hábitos que, lendo o seu caso, vi que me atrapalham (e muito) na leitura.
    Beijos
    http://www.aculpaedosleitores.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bia! Muita coisa me atrapalha na leitura e isso acaba alimentando essa "depressão". Boa sorte pra gente, então! haha' É só uma fase, rs!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Markus! Tudo bem? Nossa, cara! Amei o teu texto, sério! Me diverti em vários momentos... Olha, eu nunca passei por algo parecido com isso. Já tive ressacas literárias e já passei por alguns problemas pessoais que me impediram de ler por um determinado tempo mas nunca demorei muito para seguir as minhas leituras! Eu sempre estou lendo e amando os meus livros e espero continuar assim por muitos e muitos anos! :) Ah, espero que você passe por essa fase e volte a ler livros com força total! ^^

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony! Que bom que gostou haha'
      E poxa, nunca passou por isso?! Queria ser assim!!
      Espero que nunca passe então e continue assim pra sempre XD
      Abraços

      Excluir
  3. Olá,
    O blog Armazém do Chef traz para os seus leitores e seguidores, mais um sorteio. Dessa vez, o livro sorteado será Culinária Chinesa - deliciosas receitas de sopas, legumes, carnes, frutos do mar, macarrão e sobremesas. E pra participar é fácil, click no link, leia o regulamento, preenche o formulário e pronto.
    http://armazemdochef.blogspot.com.br/2015/04/sorteio-culinaria-chinesa.html

    ResponderExcluir
  4. OI Markus!
    Já passei por isso duas vezes na minha vida! Um quando era bem novinha e outra vez quando tinha uns 24. Fiquei anos sem ler, mas agora voltei com tudo. Tento não deixar livros """RUINS"""" me pegarem. Quando a leitura não tá boa, passo pra outro, sempre tem um livirinho na fila te esperando.
    Vou tentar não me alongar demais no comentário, mas tô ficando fã dos seus textos, são tão autênticos que fica até divertido ler, mesmo quando se trata de depressão literária!!
    E mesmo amando dormir durante o dia (posso trocar o dia pela noite facilmente) vou tentar não tirar cochilinhos, mas trabalhar em casa não ajuda muito haha
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Anos? Serio, eu nao conseguiria ficar anos sem ler. O problema é que os livros ruins me perseguem :/

      Olha, fico muito feliz que gosta dos meus textos haha'
      Beijos

      Excluir
  5. Olá, Markus!
    Ri muito com o seu texto. kkkkkk. Essa depressão literária é terrível e eu sempre tenho ela quando estou no final do semestre. Cansaço, muitas leituras pesadas, problemas... e redes sociais também ajudam nessa ressaca. Espero que os sintomas não voltem tão cedo e se voltar, recorre ao seu eu interior novamente.

    Bjão.
    Blog Vida e letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    P.S.: Marquei você em uma TAG no meu blog. Se estiver afim responde e e avisa para eu ver a resposta,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diego !! Final de semestre é foda. Junta leitura pesada entao... nuuh!
      Obrigado, também espero que n voltem hehe'

      Obrigado pela marcação. :3

      Excluir
  6. Olá,
    Eu sei como é, de tempos em tempos acontece comigo. Mas nunca dura muito, então, nessa época, eu simplesmente não forço as leituras e espero um tempo, que tudo volta ao normal.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! O problema é que quando acontece comigo, dura muito :/ Custo a pegar o ritmo de novo.

      Bjos

      Excluir
  7. Oii!

    Sempre procuro me organizar e organizar as coisas ao meu redor o máximo possível, pra depois não me perder em coisas que tenho que fazer, livros que quero ler ou posts pro blog.
    E sempre que não estou gostando do livro espero chegar na metade, se ainda sim não estiver me agradando paro e deixo pra voltar a ler em um outro momento..
    O seu post está muito bom, mesmo!

    Beijo
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa! Organizar é uma coisa que nunca consigo. Sempre vou fazendo um pouco de cada coisa e acho que é por isso que minha vida é uma bagunça. haha'
      Que bom que gostou do post.
      Beijos

      Excluir
  8. Oi Markus!
    Nossa que texto sincero!, sinceramente, gostei demais.
    Isso frequentemente acontece comigo, não é toda hora que estou mega animado em ler, tem vezes que não quero mesmo ler e ai se eu forçar só piora. Acho que é legal encontrar o meio termo, leitur tem que ser algo legal, e que te entretenha, se fica chato ai perde o proposito.
    Abraços!
    Leitura Fora de Série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme. Que bom que gostou haha'
      Você falou certo. "Leitura tem que ser algo legal". As vezes fica forçado e não rola :/

      Abraços

      Excluir
  9. Gostei muito do seu post, isso acontece muito comigo, nunca fico um mês sem ler, mas chego a fica até duas semanas por causa de uma resseca literária. http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana.
      Que bom que gostou. Infelizmente chego a ficar até mais de um mes sem ler ! ;/
      Bjs

      Excluir
  10. Oi
    Muito bom esse poste, esses dias li um livro com escrita parada que demorei dias para ler, mais peguei um muito bom e rápido.
    Gostei da lista, eu ainda estou limpando minhas pastas de música mais em vez de deixar as músicas que gosto, deixo só os cantores que gosto e outros que baixo e só escuto em um momento vou excluindo.
    Nem sei como eu conseguia trabalhar (quando tinha um), ler, assistir série e estudar um pouco.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise. Minha pastas de músicas era uma bagunça, por isso apaguei tudo pra baixar só o que eu gosto mesmo kk
      Olha eu também não sei como eu conseguia trabalhar, ler, ver série e estudar kkkk
      Beijos

      Excluir
  11. Oi Markus, tudo bem contigo ???
    Primeiramente eu tenho que te dar os parabéns por esse ótimo texto e é claro, por se desafiar e tomar uma ótima decisão, que no final das contas vai te fazer muito bem. Como você disse, o texto não era para ser de auto ajuda, e mesmo que eu não esteja passando por isso agora, eu sei bem como é essa situação. Já passei por isso também, mas no meu caso a situação estava tão complicada que eu cheguei a passar dois anos sem ler absolutamente nada (é claro que eu não fiquei esse tempo todo longe de qualquer livro, rsrsrs, eu lia livros técnicos, livros para a faculdade, lia por obrigação e necessidade). Não consigo me lembrar muito bem como eu fiz para sair desse estado, imagino que o meu eu interior deve ter me dado um ultimato. O fato é que aos poucos eu fui retomando o meu amor pela leitura, de livro em livro eu percebendo tudo o que estava perdendo naqueles anos que não lia nada ... Por isso estou feliz com seu desafio, e se precisar estou aqui para te dar força !!!
    A sim ... Antes que eu me esqueça, eu adorei a sua lista com o que fazer e o que não fazer !!! Apoio cada uma das coisas !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ryoko! Obrigadooo! Que bom que gostou. *--*
      Dois anos sem ler?? OMG ! Eu não conseguiria porque, sei lá, meu interior me mataria. kkkk
      Tipo, aos poucos eu vou voltando com o ritmo de leitura e tentando recuperar todo o tempo perdido.
      Obrigado pelo apoio, amiga!!!
      Beijos

      Excluir
  12. Já estive em uma ressaca literária das fortes. Foi logo após ler Laranja Mecânica, meu livro favorito. E depois dele, nunca mais consegui ler como antes. Não em questão de quantidade, mas de achar os livros bons. Tudo que leio sempre acho que falta algo. Mas aos poucos estou me curando. haha
    Acho que vou adotar essa sua postura. Parece dar certo.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii !! Tive isso após terminar os livros do Markus Zusak. As histórias sempre ficam faltando alguma coisa kkk'
      Olha, eu espero que dê certo. Precisa dar certo !!

      Excluir
  13. Olá!!!

    Markus, eu confesso que isso acontece muuuuitas vezes comigo sabe?
    Esse ano eu li muuuito mais nas minhas férias. Minha depressão começa quando eu tÔ na faculdade porque são taaantos trabalhos, taaantas coisas que eu tenho preguiça de ler. Fora que comprei o Floresta Encantada, dai quando a preguiça vem eu começo a pintar.
    Li um livro que não me agradou muito e desde então eu parei de me concentrar nas leituras alheias. Fiquei extremamente chateada com isso e me forcei a ler mais dois livros e rolou, agora só me falta o tempo mesmo...


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Isso acontece demaiiis cmg ! Será que é por causa da faculdade mesmo? Pq foi só voltar a estudar que eu comecei a perder o interesse. Que legal que você pinta quando da preguiça. Eu durmo.
      Pode ser que o tempo também atrapalhe pq é tudo muito corrido ne.
      Beijoos.

      Excluir
  14. Oi Markus! Curti muito o seu post e dei umas boas gargalhadas aqui. Olha menino vou te contar que desde quando comecei 2015 eu estava assim como você? Eu também recebi mais de 40 livros e desses 40 só consegui ler 14 durante o mês de Janeiro a Abril, em meses anteriores esses 40 livros seria fichinha, mas como você disse todo leitor passa por uma fase difícil e eu passei por essa fase. Como? Bem, eu acatei uma das suas dicas aí, parei de ler como uma desesperada, como se o mundo fosse acabar. Não leio muitos livros em um mês, como acontecia antes, porém quando leio a preguiça o tédio não vem mais e a leitura se tornou prazerosa de novo. GRAÇAS A DEUS!!! KKK

    Bjokas!!
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Giselly. Que bom que gostou. Nosso caso é muito parecido !! Eu espero que, assim como aconteceu com você, a leitura volte a ser prazerosa pra mim. Fiquei muito triste por não estar lendo normalmente mais.
      Beiijos

      Excluir
  15. Oi Markus! Curti muito o seu post e dei umas boas gargalhadas aqui. Olha menino vou te contar que desde quando comecei 2015 eu estava assim como você? Eu também recebi mais de 40 livros e desses 40 só consegui ler 14 durante o mês de Janeiro a Abril, em meses anteriores esses 40 livros seria fichinha, mas como você disse todo leitor passa por uma fase difícil e eu passei por essa fase. Como? Bem, eu acatei uma das suas dicas aí, parei de ler como uma desesperada, como se o mundo fosse acabar. Não leio muitos livros em um mês, como acontecia antes, porém quando leio a preguiça o tédio não vem mais e a leitura se tornou prazerosa de novo. GRAÇAS A DEUS!!! KKK

    Bjokas!!
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Markus!
    Me diverti bastante lendo seu post e, principalmente, me identifiquei!
    Meu rendimento de leitura caiu bastante esse ano. Antes eu lia no mínimo 8 livros por mês, depois percebi que agora não passava do terço de antes.
    Acho que estou precisando de uma conversa dessas com o meu eu interior também. Só não sei se vai ser muito amigável, ahuaha.
    Sua receita médica me inspirou, com certeza vou mudar alguns dos meus hábitos, apesar de saber que terão alguns que será bem difícil.
    Adorei o post.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliana! Que bom que se divertiu hahah'
      Eu também costumava a ler uns 8 livros por mês :(
      Minhas conversas com meu eu interior nunca são amigaveus kkkkkkk
      Fico feliz que tenha gostado.
      Beijos

      Excluir
  17. Oi, Markus!

    RI MUITO LENDO SEU POST! hahahahahahaha Principalmente nas partes onde "seu eu interior" se manifesta! Ótimo texto. E sim, já passei por isso e é horrível! Eu não tinha vontade nenhuma de ler, nenhuma mesmo, e durou uns três meses!
    De uns tempos pra cá só tenho tido tempo de ler quando vou dormir...aí fico lendo até duas, duas e meia da manhã, a leitura não rende nada e no dia seguinte fico super cansada.
    A falta de tempo é meio que um efeito colateral dessa nossa vida cheia de coisas pra fazer, mas que, às vezes, nem precisam ser feitas!!!! A gente tem que saber separar, ter prioridades...eu tenho que me organizar, eu sei disso, mas não faço porque já me acostumei com a rotina! Tenho que tomar vergonha!!!!!

    Mais uma vez: ótimo texto!!!

    Beijão
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires! haahha' Obrigado *-* Fico feliz que tenha gostado.
      Olha, eu custo a ter um tempo livre... e quando tenho só quero dormir ou ficar sem fazer nada. Acabo ficando sem vontade nem tempo pra ler :/
      Muito bom ler histórias de pessoas que passaram pelo mesmo que eu. É motivador!
      Beijoos

      Excluir
  18. Já passei por isso e não é legal,que fiquei um bom tempo sem ler.
    Esse post ficou incrível,muito divertido de se ler.
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Erika. Isso é triste né?! :(
      Espero não ficar mto tempo dessa vez.
      Que bom que gostou do post :3
      Beijos

      Excluir
  19. Creio que pelo menos uma parte das suas tarefas você já cumpriu com excelência. Você escreveu um texto maravilhoso, íntegro, extenso e que deve ter cobrado bastante de ti, mas conseguiu! E não pare por aí não, que vou estar esperando pelas resenhas :p
    Entendo pelo que você andou passando, as vezes também fico total sem vontade alguma de ler, ainda mais quando estou com problemas pessoais, parece que a mente não se concentra, por mais que a história seja boa. Então livrar os pensamentos negativos e se focar é um dos desafios mais difíceis e importantes no meu ponto de vista. Vai na fé que você consegue, estarei torcendo :DD

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem resenha nova no blog de "Billy e eu", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Obrigado pelo apoio! hahah' Fico mto feliz que tenha gostado do texto.
      É muito bom ler isso. Me deixa bem mais motivado.
      Beijos

      Excluir
  20. Então Markus, esse seu texto veio na hora certa. Estou passando por algo parecido na minha vida. Sempre fui uma leitora voraz, mas nos últimos tempos essa voracidade toda parece ter me abandonado. Ultimamente só tenho feito as leituras obrigatórias do curso de Letras (e olhe lá, que nem foram todas elas). E não sei se é o ritmo puxado da facul, ou se é preguiça mesmo, mas quando aparece um tempinho livre eu prefiro descansar/dormir ou fazer coisas mais simples como assistir series e filmes. Faz 3 meses que ando com Frankenstein na bolsa e até agra não saí da terceira página. Já estava me sentindo uma leitora muito sem futuro. Mas vou fazer como você, vou fazer uma consulta com meu médico interior e tentar me recuperar dessa Depressão Literária.
    Ah! Já fazia um tempo que não visitava o blog. Está lindo!

    Abraço,
    Camila Nyx *-*

    Blog novo (bloguicesdacamila.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  21. Meu Deus! Super me identifiquei com o seu texto!!
    Eu estava(ainda estou) nessa fase de depressão literária. Tenho N livros para ler, mas só consegui ler 4 livros esse ano. ESSE ANO!! Essa é uma das piores fases com certeza, e ainda junta com ano de vestibular, nossa.
    Mas enfim, adoreii sua receita e bem acho que aderi-la!! haha

    Abraços,
    Isabelle

    www.notavelleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir